Catarina Dias
Construção casa

Sou uma jovem que tem algum dinheiro para aplicar e estou indecisa entre comprar casa e remodelar ou comprar terreno e construir uma nova. Nas preferências pus t3 mas t2 também não me incomodaria. Não tenho bem noção se 150 m2 será o suficiente pra 2 andares ou se seria melhor apenas um andar. Estou recetiva a diferentes opiniões e orçamentos. Obrigada.

Construção casa

Sou uma jovem que tem algum dinheiro para aplicar e estou indecisa entre comprar casa e remodelar ou comprar terreno e construir uma nova. Nas preferências pus t3 mas t2 também não me incomodaria. Não tenho bem noção se 150 m2 será o suficiente pra 2 andares ou se seria melhor apenas um andar. Estou recetiva a diferentes opiniões e orçamentos. Obrigada.

Tem alguma pergunta?
Pergunte à comunidade

5 Respostas

Vitor Pereira
Vitor Pereira
Particular - há 4 anos

Boa noite D. Catarina Dias

Comprar o terreno e edificar sera sempre melhor porque, escolhera plenamente a zona de implantação e a dinâmica da sua habitação.

Por vezes, a reabilitação se for profunda leva quase tanto investimento quanto uma nova de raiz.

Ainda há a salientar que as fundações serão novas, ao contrario da remodelada.

Os custos de construção de raiz serão numa base media de 695€/m2.

Os custos da remodelação serão numa base media de 600€/m2.

Att

Rui Menezes
House (Cascais, Lisboa) House - há 4 anos

A análise dos seus desejos e necessidades é fundamental para uma decisão final. Está preparada para comprar um terreno (os bancos não financiam para compra de terrenos) e depois construir? Ou pretende comprar um Apartamento e proceder a uma reabilitação que a satisfaça? Se quiser terei todo o gosto em ajudá-la a tomar uma decisão que será sempre sua. Rui Menezes

Responder
Vértice C, Arquitetura, Eng e Construção

Boa tarde, antes de mais é importante perceber se pretende investir numa situação mais rápida o melhor será adquirir um apartamento numa zona valorizada, ou de onde possa obter algum rendimento com facilidade e com procura imobiliária caso pretenda revender após a remodelação. No caso da moradia é uma situação que exige mais tempo, seleção e aquisição do terreno, apresentação de projetos e a respetiva construção. Tem de considerar se é para habitação permanente, nesse caso pode ser mais gratificante a moradia, se for para habitação temporária ou pontual é aconselhável um apartamento, pois uma moradia exige mais manutnção, interior e exterior que um apartamento. Em rlação aos 150m2, siim é possível fazer em um ou dois pisos, depende do projeto e do PDM onde está inserido o terreno a adquirir. Caso pretenda aprofundar mais informação para as suas decisões, teremos gosto em acompanha-la neste processo. Célia Soares, arq - Vértice C

Responder
Vera Valle
Jefrancorp (Lisboa, Lisboa) Jefrancorp - há 4 anos

Bom dia D. Catarina, dependendo da zona onde deseja habitar, em algumas zonas de Lisboa a compra e remodelação de uma habitação pode ficar mais dispendiosa do que comprar ou construir uma casa nova numa outra zona. Se quiser marcar uma reunião com a nossa empresa sem compromisso estamos disponíveis para analisar/ estudar o que pretende. Com os melhores Cumprimentos

Responder
Carlos Alves
Irmãos Acabamentos (Odivelas, Lisboa) Irmãos Acabamentos - há 4 anos

De facto, com uma área de 150m2 permite-lhe perfeitamente construir uma casa com 2 andares.

A remodelação em si permite-lhe em teoria gastar menos e obter um resultado igualmente excecional.

Não obstante a vantagem de efetuar uma construção de raiz é que vai refletir na sua totalidade os seus gostos.

Responder
Deixe a sua resposta

Para escrever uma resposta deve estar registado. Não é permitido incluir dados de contacto, tais como telefone, e-mails ou links para páginas web externas ao habitissimo, este conteúdo será revisto e eliminado.

Peça orçamentos de construção de casa na sua zona

Escolha um tipo de trabalho

Registe-se
É um profissional?

Entre imediatamente em contacto com pessoas que estão à procura na sua zona de profissionais especializados na área da construção, reformas, mudanças, arquitetura, etc.